• (11) 2958 0768
  • antares@antarescontabilidade.com.br

Assim como a Black Friday, a Cyber Monday é uma data em que as lojas oferecem ofertas com o objetivo de movimentar o comércio. Diferentemente do que o significado do nome pode sugerir, ela não é voltada exclusivamente para produtos cibernéticos ou de tecnologia. O termo "cyber" indica a forma de venda, uma vez que a ação de marketing é planejada para compras online, enquanto a Black Friday surgiu no contexto das lojas físicas.

O evento cai na segunda-feira após o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos, comemorado na quarta quinta-feira de novembro. Em 2018, a Cyber Monday ocorre neste dia 26, tanto no exterior quanto aqui no Brasil, onde diversas varejistas já participam da campanha. Conheça mais sobre o dia de queima de estoque e veja como aproveitar as últimas promoções antes do Natal.

História da Cyber Monday

A Cyber Monday surgiu oficialmente em 2005. A expressão foi cunhada por Ellen Davis, vice-presidente sênior da Federação Nacional de Varejo dos Estados Unidos, e Scott Silverman. Ela foi difundida a partir de um artigo da Shop.org à imprensa chamado "A 'Cyber Monday' está rapidamente se tornando um dos maiores dias de compras online do ano", na tradução do inglês.

A matéria explicava que, segundo estudo encomendado pela Shop.org e pela Bizrate, 77% dos varejistas online relataram que suas vendas aumentaram substancialmente na segunda-feira após o Dia de Ação de Graças, e que a tendência estava levando a descontos nas vendas pela Internet daquele ano. Desde então, a data se consolidou como parte do calendário do comércio nos Estados Unidos, tendo movimentado US$ 6,59 bilhões no ano passado.

É interessante notar, porém, que a Cyber Monday vem progressivamente perdendo o sentido original. Isso porque, atualmente, grande parte das vendas da Black Friday já ocorre pela Internet. Um levantamento do Google realizado em 2017 sobre hábitos do consumidor mostrou que 80% dos entrevistados fizeram todo o processo de compra online, e a tendência deve manter em neste ano. Assim, a Cyber Monday é cada vez mais uma espécie de prorrogação da Black Friday do que um impulsionador para o e-commerce.

A Cyber Monday no Brasil

A Cyber Monday ainda não é tão popular no Brasil quanto a Black Friday, mas já apresenta números consideráveis para o varejo nacional. Em 2017, a data movimentou R$ 308,5 milhões, gerados a partir de 721 mil compras pela Internet, de acordo com estudo realizado pela Ebit.

Outro levantamento, feito pela Big Data Corp a pedido do PayPal, mostrou que 78,42% das lojas online aderiram à data no varejo brasileiro no ano passado, contra 56,7% em 2016. As categorias de produtos que mais ofereceram descontos foram brinquedos (62,01%), eletrônicos (14,06%) e roupas e acessórios (28,42%), nessa ordem.

Como conseguir os melhores descontos?

As mesmas dicas para aproveitar a Black Friday valem para a Cyber Monday. Uma das mais essenciais é monitorar o histórico de preços no Compare TechTudo para descobrir se a oferta é de verdade ou se encaixa na chamada "Black Fraude". Para isso, você também pode usar uma extensão para Chrome que envia alerta de desconto.

Organizar o link dos produtos desejados no PC, seguir perfis das lojas participantes nas redes sociais e cadastrar-se em sites de cupom também são ótimas medidas a tomar antes das compras. Para este evento em especial, o site Cyber Monday Brasil (cybermondaybrasil.com.br) é uma ótima forma de encontrar rapidamente os estabelecimentos que vão oferecer promoções nesta segunda-feira.

Também é extremamente importante ter cuidado com golpes. Desconfie de ofertas muito agressivas, principalmente vindas de sites desconhecidos. Não clique em links suspeitos enviados por WhatsApp e tenha um antivírus atualizado instalado no dispositivo em que você pretende fazer as compras, seja computador ou celular.

Fonte: Techtudo | 26/11/2018