• (11) 2958 0768
  • antares@antarescontabilidade.com.br

Os Correios anunciaram hoje a abertura de uma licitação para um novo projeto chamado “Correios Aqui”. O objetivo da estatal é aumentar sua rede de atendimento físico com baixo investimento. O modelo adotado será o que os Correios chamam de “agências modulares” ou “loja dentro de loja”, no regime de persmissão em vez de franquia.

Isso quer dizer que os Correios terão basicamente quiosques ou algo do gênero dentro de lojas maiores, operados por fraqueados que já tenham estruturas físicas compatíveis com o negócio de encomendas. Segundo a empresa, o investimento mínimo para se ter um Correios Aqui por um período de cinco anos dentro de uma loja pré-existente seria de R$ 10 mil.

O investimento mínimo para se ter um Correios Aqui por um período de cinco anos dentro de uma loja pré-existente seria de R$ 10 mil

Os vencedores da licitação poderão não apenas usar as instalações já existentes de suas lojas para o processamento de encomendas, mas também o seu corpo de funcionários já existente, eliminando a necessidade de contratar mais pessoal.

O novo canal tem potencial para trazer resultados relevantes tanto para o parceiro quanto para os Correios. Ao parceiro, trará ganhos por meio do aumento do fluxo de pessoas em sua loja e da remuneração pelos serviços auxiliares prestados aos clientes postais. Para os Correios, a grande vantagem será a expansão da rede de atendimento com baixos investimentos e custos. A iniciativa também visa à melhoria da qualidade do atendimento e da experiência dos clientes.

Nessa primeira fase, serão licitados 27 lotes em 11 Estados, mas ainda não sabemos como exatamente esses novos postos de atendimento devem funcionar. O prazo para inscrição na concorrência é até 08 de março. Mais informações aqui.

Fonte: Tecmundo | 03/01/2019